sexta-feira, 13 de junho de 2008

A Notícia como Produto



Omissão, sonegação, submissão, deformação, saturação, neutralização e redução são conseqüências do processo de edição que, embora “naturais”, invertem a vocação expressa do jornalismo: a missão de informar. (SERVA:2001)

Diariamente o campo jornalístico é colocado à prova dos vereditos do mercado, através das sanções dos patrocinadores intrinsecamente relacionado ao índice de audiência: o que importa é se a informação vende bem. A notícia é como é por passar por um processo de valorização econômica que a transforma cada vez mais em um produto para ser consumido pelo mercado capitalista.Nesse emaranhado de acordos financeiros, como fica então o telespectador, ouvinte, cidadão comum se é através dos meios de comunicação que procuram se informar? Quantas notícias deixam de ser divulgadas e outras distorcidas para garantir a integridade do “cliente” e cumprir o tempo estabelecido para o noticiário, que é rateado com a publicidade, esta com maior espaço. Com certeza, estamos todos desinformados ou mal informados sendo paradoxal o papel do jornalismo.

Nenhum comentário:

Depoimento de um jornalista

Depoimento de um jornalista
Augusto Medeiros - repórter
Augusto Medeiros, repórter da Tv Grande Rio, petrolina/PE.
"Fazer jornalismo nos dias de hoje é um grande desafio porque há muitas dificuldades que você tem que enfrentar pra conseguir fazer, principalmente, um bom jornalismo. Então acredito que, só consegue se manter na profissão, ter uma certa satisfação e realização profissional quem realmente ama a profissão."

Atenção! Em breve você vai conferir a entrevista na íntegra, com o vídeo que foi produzido.

Presente

Presente
Anatomia do monólogo

ser ou não ser?
er ou não er?
r ou não r?
ou não?
onã?

(José Paulo Paes)